Institucional

VIVÊNCIA
REVISTA BRASILEIRA DE ALCOÓLICOS ANÔNIMOS

Marca registrada da Junta de Serviços Gerais de Alcoólicos Anônimos do Brasil – JUNAAB, pelo processo INPI n° 826223125, com ISSN n° 0103-3549.

É nossa reunião impressa e aberta ao público, que apresenta um amplo leque da experiência atual de seus colaboradores com os Legados de Recuperação, Unidade e Serviço.

A matéria assinada é de responsabilidade exclusiva do autor e representa seu ponto de vista, que, mesmo eventualmente coincidente, não deve ser considerado como sendo de A.A., nem desta publicação.

A matéria enviada poderá ser publicada ou não, no todo ou em parte, a critério dos editores com base nas Diretrizes Editoriais, sem possibilidade de previsão e sem retorno aos emitentes quanto à publicação ou não. Os originais não são devolvidos e sua simples remessa implica em autorização para eventuais ajustes editoriais e publicação nas modalidades impressa e digital. As imagens são meramente ilustrativas, nunca retratam membros de A.A. e são livres de direitos autorais, oriundas de bancos virtuais, produzidas pelos editores e/ou cedidas por colaboradores.

Editor: CPP – Comitê de Publicações Periódicas. Redação, Distribuição e Correspondências: Rua Padre Antônio de Sá, n° 116 – Tatuapé, São Paulo/SP – CEP 03066-010. Caixa Postal 77631, CEP: 03316-970, São Paulo/SP. Fone/Fax: (011) 3229-3611. E-mail: cpp@alcoolicosanonimos.org.br Diagramação: Convert Publicidade. Jornalista Responsável: Eliane Ganev – MTB 0085015/SP. Periodicidade: bimestral. Tiragem: 9.000 exemplares.

Diretrizes editoriais da Vivência

Sobre o que escrever?

Sobre experiências pessoais de recuperação relacionadas aos princípios de A.A., temas das edições e seções da revista (grupo-base, CTO, Mulher em A.A., Veteranos, Jovens, etc).

Você pode convidar profissionais não alcoólicos para relatarem suas parcerias com A.A. ou visões dos nossos princípios, mostrando-lhes estas Diretrizes; eles devem assinar com nome completo, profissão, município e UF, lembrando que não citamos, na revista, instituições privadas de reabilitação.

Na linguagem do coração: falando apenas de si (na 1ª pessoa do singular); narrando o pulo do gato, o que marcou e fez diferença em sua recuperação, aprendizados e despertares para novos modos de ver, agir e viver.

Se escrito à mão: até 02 folhas pautadas ou 05 folhas sem linhas. Se digitado: até 5.000 caracteres com espaço.

Pode pedir ajuda a terceiros e nos enviar. Nossos servidores fazem os ajustes necessários (gramática, linguagem e tamanho do texto).

Matérias teóricas ou genéricas. Temáticas. Longos relatos dos tempos da “ativa” alcoólica. Históricos de grupos e órgãos de serviços. Ficção, drama, poemas, tributos, acrósticos, cartas ou críticas a terceiros. Conteúdos polêmicos, conflitantes com nossas Doze Tradições ou voltados para outros propósitos.

Edição enviar até
Jan/Fev 25/11
Mar/Abr 25/01
Mai/Jun 25/03
Jul/Ago 25/05
Set/Out 25/07
Nov/Dez 25/09

Textos sobre os temas de capa: observar os prazos da tabela. Demais colaborações: a qualquer tempo. Favor enviar uma só vez.

Precisam ser postadas no site da Vivência, ter resolução de 150 a 300 dpi e formato jpg. O grupo deve estar incluso no Cadastro Nacional de Grupos do site de A.A. Publicamos 12 fotos em cada edição impressa (por ordem de postagem e diversificação regional). Todas as fotos postadas são divulgadas no site da revista.

Acusamos recebimento e apreciamos todas as colaborações recebidas. Não informamos sobre a publicação ou não. Publicamos matérias enviadas muito antes, em função da composição de cada edição. Evitamos a repetição de autoria.

Importante: a simples remessa de originais ao CPP implica na autorização do remetente para edição e publicação em conformidade com os critérios informados nessa página, tanto em versão impressa quanto digital.

Textos, ilustrações e/ou fotos de sua autoria, enviar para o e-mail: cpp@alcoolicosanonimos.org.br

Fotos de salas de grupos, enviar pelo link: www.revistavivencia.org.br/enviar-grupo

Eventos, enviar pelo link: www.revistavivencia.org.br/enviar-evento

Correios: Caixa Postal 77631, CEP 03316-970, São Paulo/SP, enviar “aos cuidados do CPP

BREVE HISTÓRICO DA VIVÊNCIA

  • 1985

    Reunidos em Baependi (MG) e após longas discussões, a Junta de Custódios e seus Comitês autorizam a publicação do número zero da Revista Brasileira de Alcoólicos Anônimos, produzido em Campo Grande (MS) e cuja tiragem inicial, de 5.000 exemplares, teve saída imediata.

  • 1986

    Ainda sob a responsabilidade do Comitê de Literatura da JUNAAB, a edição n° 01 foi produzida em Brasília (DF), em formato menor e já adotando o nome Vivência (que bem expressa o sentido de troca de experiências, forças e esperanças na prática dos princípios sugeridos da Irmandade).

  • 1988

    Uma das caixas com parte da tiragem da edição n° 02 foi extraviada durante o transporte de Brasília a São Paulo; os exemplares restantes rapidamente se esgotaram, tornando esta edição uma raridade. Treze edições foram produzidas em Brasília. Até então, a linha editorial era dirigida à sociedade em geral, não aos membros.

  • 1990

    A Junta de Serviços Gerais decidiu transferir a produção da revista para Fortaleza (CE). Nessa altura tínhamos cerca de 3.000 assinantes e a periodicidade era trimestral.

  • 1991

    A linha editorial passou a definir-se como de uma revista editada por companheiros e para companheiros de A.A. Cada edição passou a trazer um artigo assinado por profissional, em geral da medicina.

  • 1993

    A produção da revista (a partir da edição n° 25) migrou para São Paulo, onde permanece até o momento. Houve nova mudança de formato e conteúdos, enfatizando as ações dos órgãos de serviço.

  • 1994

    A partir da edição n° 27, a periodicidade passou para bimestral e foi dado destaque aos eventos de A.A.

  • 1995

    A Conferência de Serviços Gerais criou o Comitê de Publicações Periódicas – CPP, doravante o responsável pela produção da revista (a partir da edição n° 36), que seguiu passando por aprimoramentos estéticos, de conteúdos e distribuição.

  • 1998

    O CPP desenvolveu atribuições relacionadas à distribuição, gestão das assinaturas (ativas e encerradas), estoques, atendimento aos assinantes e contato com os representantes. A base de assinantes atingiu um patamar que, desde então, passou a oscilar entre seis e oito mil assinantes.

  • 2003

    Foi lançada a primeira coletânea de artigos publicados na Vivência, transformada no livro Compartilhando a Sobriedade, o qual subsidiou parte dos custos da XVI Convenção Nacional de A.A., realizada em São Paulo (SP), no mesmo ano.

  • 2006

    Passamos a comprar nosso próprio papel comercial para uso da revista e também da literatura oficial de A.A. em Língua Portuguesa.

  • 2007

    Por sugestão da Conferência de Serviços Gerais, foi produzida uma edição exclusivamente com artigos assinados por profissionais (n° 105), cuja grande procura levou a uma reimpressão de mil exemplares.

  • 2008

    Foi criado o website da Vivência: www.revistavivencia.org.br

  • 2009

    A CSG aprovou o lançamento da 1ª edição do Guia do RV.

  • 2010

    A partir da edição n° 124, a impressão gráfica deixou de ser feita a partir de fotolitos e adotou o formato de arquivo digital.

  • 2011

    A JUNAAB é habilitada a adquirir papel livre de tributação.

  • 2012

    Foi realizada a primeira revisão/atualização do Guia do RV.

  • 2016

    Foi lançada a versão on-line da Vivência, com valor de assinatura inferior ao da modalidade impressa. Foi realizada a digitalização completa das edições mais antigas, impressas a partir de fotolitos.

  • 2017

    A partir da edição n° 169, passamos a realizar e publicar entrevistas com profissionais Amigos de A.A. Artigos publicados na revista foram incorporados ao banco de dados do Amigo Anônimo, ferramenta virtual que informa sobre alcoolismo e A.A. a usuários da Internet, lançado por ocasião dos 70 anos da Irmandade no Brasil. Foi lançado o livro-coletânea de artigos de profissionais publicados na Vivência, Cooperar Sempre, que subsidiou parte dos custos dos eventos comemorativos dos 70 anos de A.A. no país. Foi lançada a 2ª edição do livreto Colcha de Retalhos, contendo artigos de mulheres AAs publicados na Vivência.

  • 2018

    Iniciada uma série de melhorias editoriais e gráficas na revista.
    Passamos a editar newsletters de divulgação da revista e a manter comunicação regular com os representantes de grupos, distritos e áreas cadastrados no website da Vivência. Foi realizada nova revisão do Guia do RV.
    O site da revista passa por aprimoramentos diversos (novas funcionalidades, layout mais intuitivo e interativo).
    Devido à exigência – pelo sistema financeiro – de constar o CPF do sacado em boletos bancários, muitos assinantes não renovaram ou não fizeram novas assinaturas. Com isso, a quantidade de assinaturas caiu de 6.200 para 5.200.

  • 2019

    Foi inserida uma nova versão para leituras das edições de assinaturas on-line da Revista Vivência, onde o assinante pode ler a revista folheando as páginas, como se ela fosse impressa. Com esse novo formato, a visualização, leitura e navegação dos assinantes digitais se tornou muito mais simples e agradável. A nova visualização pode ser acessada pelo celular, tablet ou computador.
    Mais duas opções para pagamento de assinaturas foram implementadas, através de débito online e através de cartão de crédito, podendo ser parcelada em até 03 vezes sem juros.
    O Projeto RV foi criado com o objetivo de aumentar o número de Representantes da Revista, fortalecer sua capacitação e melhorar a comunicação com eles e entre eles.

  • 2020

    Criação e implementação de um WhatsApp para recebimento de comprovantes de pagamentos de assinaturas.
    Mesmo com a pandemia e suas restrições o comitê e o departamento da Revista Vivência não pararam, as edições foram publicadas e distribuídas dentro do prazo de cada uma delas. Assim como o atendimento ao assinante também não ficou totalmente paralisado.
    A pandemia causa nova queda das assinaturas, que recuam de 5.300 para 4.500.

  • 2021

    A modalidade PIX foi criada e inserida como mais uma forma de pagamento para assinaturas. Uma forma rápida e prática de utilização da mesma.
    Além da Chave PIX, foram criados QR Codes com os valores de assinaturas – Impressa e Digital, mais uma forma de facilitar o pagamento e identificação dos mesmos.
    Concluído o mapeamento do número de Representantes da Revista, apurou-se que 26% dos distritos possuem RVDs, e apenas 13% dos grupos possuem RV.
    Nova revisão do Guia, que passou a chamar-se Guia dos Representantes da Vivência.

  • 2022

    Além do telefone e e-mail, o WhatsApp atualmente concentra cerca de 70% de nosso trabalho na parte de atendimento, pois além dos envios de comprovantes de pagamentos (objetivo inicial da criação do mesmo), são enviados boletos para assinaturas, informações sobre assinaturas, envio de relações de assinaturas ativas e encerradas, esclarecimento de dúvidas, informações sobre os envios da revistas, etc.
    Nosso trabalho não para e evolui a cada ano, procuramos nos adequar as tecnologias e necessidades de cada um de nossos assinantes / leitores.